segunda-feira, 4 de julho de 2011

Ex-Santinha (Releitura)













Da minha cúmplice quero presentes:
Da minha tara, os mais quentes.
Que esqueça de ser dama,
que me surpreenda na cama.

Que me vende com carinho,
me venha, bem de mansinho
com seu jeito de mulher,
pegar o que tanto quer.

Que me faça ir ao céu,
me oferte de outro mel.
Na minha frente, louquinha,
se acabe noutra xaninha.

Que ela me conte, sem cortes
os feitos com outros consortes.
Que se delicie, sem medos
de traçar os seus brinquedos.

Quero que faça beicinho
ao me brindar com o cuzinho.
E, de súbito, dispara
a fome de mais uma vara.

Pois assim, de plena paixão
eu serei todo tesão.
E ela, uma ex santinha:
Doravante, a minha putinha!

5 comentários:

  1. Boa noite meu amigo gaúcho...
    Menino que junção perfeita de desejos, fantasias e paixão...
    Menino vc me encanta mais e mais a cada dia com seus textos...
    Assim eu me apaixono...rsrsrsrrs...
    Tenha uma semana deliciosa...
    Que frio estamos passando hein...
    O jeito é ter motivos para amar e assim suar muito...
    Bjs gaúcho que me encanta...

    ResponderExcluir
  2. nossa que delicia querido..
    sempre me deliciando com belos poemas..

    ana casada

    ResponderExcluir