sábado, 7 de julho de 2012

Exibida


Ela se exibe provocante.
Tão faceira, tão charmosa.
Tão melada, alucinante.
Balzaquiana e tão fogosa.


Ela se mostra safada,
tão putinha e atrevida.
Tão amante, tão tarada;
Sempre tão exibida.


Sempre tão desejosa,
Fêmea que sabe o que quer.
As vezes, a mais teimosa,
noutras, apenas mulher!





5 comentários:

  1. Poema delicioso de encher os olhos e a boca...rs!
    Imagens que nos levam a imaginar e querer se mostrar tb num mini show, que tal? Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Uma arte deliciosa essa de provocar!Para ser observada e contemplada!

    Gostei muito do teu cantinho

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. What do such blogs want to say my dear

    ResponderExcluir
  4. what does this try to tell me

    ResponderExcluir
  5. Isso me lembra alguma coisa...

    ResponderExcluir