sábado, 7 de julho de 2012

Exibida


Ela se exibe provocante.
Tão faceira, tão charmosa.
Tão melada, alucinante.
Balzaquiana e tão fogosa.


Ela se mostra safada,
tão putinha e atrevida.
Tão amante, tão tarada;
Sempre tão exibida.


Sempre tão desejosa,
Fêmea que sabe o que quer.
As vezes, a mais teimosa,
noutras, apenas mulher!





5 comentários:

  1. Poema delicioso de encher os olhos e a boca...rs!
    Imagens que nos levam a imaginar e querer se mostrar tb num mini show, que tal? Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Uma arte deliciosa essa de provocar!Para ser observada e contemplada!

    Gostei muito do teu cantinho

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. What do such blogs want to say my dear

    ResponderExcluir
  4. Isso me lembra alguma coisa...

    ResponderExcluir