sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Indivisíveis


Todas as tuas nuances,
facetas,
taras,
bocas,
caretas,
desejos,
delírios,
sonhos
martírios.

Estão serenos agora
no ponto que nos tange,
e faz de nós indivisíveis.
Seres de ensejos
e desejos tão incríveis.

Insaciáveis e perversos; 
(com pimenta, leite e mel),
Relatados em meus versos.
Bem guardados em teu céu!

Um comentário:

  1. Estava cheia de saudades dos seus versos....adorOooo demais

    ResponderExcluir