quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Sonetinho Orgásmico





Quando tu gozas prá mim
de um jeito tão singular,
é como se um querubim
viesse me sussurrar;

Quando tu gozas dengosa
É como se eu fosse ao céu.
e tu ficas tão graciosa,
quando me ofertas teu mel.

Mas quando tu gozas rouca,
entre gritos e impropérios
é como se fosses louca

a desmandar mil impérios,
então te amaino a boca
sorvendo dos teus mistérios!

5 comentários:

  1. Adoro quando vc escreve, é sublime, instigante, apaixonante...Sua fonte de inspiração deve ser muito especial, a minha é...muito especial!!! Bjinhos.

    ResponderExcluir
  2. O melhor e mais molhado soneto do mundo...
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Gostei desse. Ficou bonito e muito sexy.

    ResponderExcluir
  4. Gostei desse. Ficou bonito e muito sexy.

    ResponderExcluir
  5. Lindas imagens e muitos excitantes!

    ResponderExcluir