terça-feira, 20 de setembro de 2011

Sonhos





Eu te poemizo nos meus sonhos,
te exorcizo nos meus coitos.
te saboreio entre suspiros
e a tua essencia me entorpece.
Descrevo-te em mil papiros,
e o desejo, a tez aquece.

Feito menino, eu te acaricio,
feito homem, me delicio.
E tu, mulher,
me vens no cio.

Com palavras tantas
que as minhas certezas
qual, bolinhas tailandesas
perdem-se, entre arrepios.

8 comentários:

  1. Ui! Essas In_Corretices poéticas....

    Beijos da Borboletinha

    ResponderExcluir
  2. Querido In_,
    Você anda muito inspirado...

    Beijo de boa noite, menino...

    ResponderExcluir
  3. Ah... que minha curiosidade aguça para saber quem é a musa destes versos... Na imaginação, pode ser uma, todas, ou nenhuma. Ao certo, quem saberá?

    ResponderExcluir
  4. Que tesão mais gostoso esse.... affff

    Delicia de poeminho!!

    Que sua noite seja uma delicia, meu amigo

    E que seu dia amanha seja iluminado!!

    Bjsss meladinhos da sua Feiticeirinha

    ResponderExcluir
  5. Ai ai ai...que delíciaaaaaaaaa!!!
    Quem será? Quem será?
    kkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijos querido.. e uma noite maravilhosa pra ti...!!!

    Com carinho,
    Myah

    ResponderExcluir
  6. Assim me mata!! Uma gostosura chegar aqui
    de manhã cedinho e ler esse poema ..

    Bjos IN_

    ResponderExcluir