quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Intuição
















O aroma do teu perfume
passava pelo monitor inerte
e, suave, me embriagavas.
Eras uma foto com um nome;
Nada mais!

Mas, nas entrelinhas,
(ah, essas entrelinhas);
que falam tanto. Em silêncio;
absoluto silêncio!

Que mistérios há?
Em seguir-se a deriva;
Ao sabor do vento?
Se tudo conduz à você!

2 comentários:

  1. To com saudades.....um montão delas!!!
    Te adoro
    Bjssss, bjsss, bjsss

    Ahhh.. e mais beijos

    ResponderExcluir