terça-feira, 12 de julho de 2011

Versos Banais (Repost)

Do teu corpo eu extraio
diversos tons flamejantes;
Em metáforas me esvaio.
Conjugo verbos bastantes,...

Fartar, beijar e abusar;
Beber, sorver e lamber;
Sentir, dormir, repetir;
Sabor, calor e torpor,...

E é nos versinhos banais
que eu te defino: Mulher.
Perdido em delírios carnais;

Eu te quero, tu me quer.
Tão diferentes e iguais!
Ah, mulher-menina-mulher!

4 comentários:

  1. Fartar, beijar e abusar;
    Beber, sorver e lamber;
    Sentir, dormir, repetir;
    Sabor, calor e torpor,.

    Ainda vou cobrar isso. rsrsrsrs

    smacks

    ResponderExcluir
  2. Adoro teus versos, assim como adoro teus contos! Aliás, não há nada que eu não adore aqui!
    Beijos, meu querido!!!

    Em tempo: que furinhos deliciosos...aiai

    ResponderExcluir