sábado, 11 de junho de 2011

Namorados(as)


Eu pensei que fazer um poema sobre a sensualidade toda,
sobre o cheiro que exala da paixão,
sobre o peito que bate mais forte
e sobre tanto tesão,...
Fosse fácil.

Eu pensei que esta embriaguez
da alma fosse piegas;
Que esta ansiedade quase
juvenil fosse ultrapassada;
Que este ritual de amor e entrega
fosse ficção ou utopia.

Eu pensei errado.
Só quem tem um amor é que sabe.
E se não sabe, é por que no fundo apenas pensa que tem um amor.
Mas se você tem, ou se você apenas pensa.
Tanto faz!
Mande flores.
E se não há para quem mandar,
mande para si mesmo(a).
Ame-se.
Adore-se.
Idolatre-se.
E tenha um caso de amor com a
pessoa mais importante da sua vida.
Você!





7 comentários:

  1. In...vc é d+++++ amei...a começar pela imagem que é de tamanha sensualidade...perfeita...
    Querido passando para te dar um cheiro e deixar um bj guloso e desejar um findi e um dia dos namorados repleto de paixão, sedução, prazer, muito sexo e muito amor...
    Bjs carinhosos dessa amiga que tem muito carinho por ti...

    ResponderExcluir
  2. Enamorar-se de si mesmo é nosso melhor e mais gostoso caso de amor...
    Beijos, meu querido!!!

    ResponderExcluir
  3. Angelike:

    Eu adoraria,... rsrsrs

    Beijo In_ guria!

    ResponderExcluir
  4. Amigo,

    vim "pessoalmente" agradecer as lindas palavras de carinho e força que deixou no blog Infinito.

    A porta nunca se fechou, mais naquele momento, foi preciso deixa-la entreaberta.
    Uma vez organizadas pelo Senhor JUN, todas as coisas que eram obstáculos entre nós, e que dependia apenas da vontade e da parte DELE, a porta foi reaberta por
    ELE próprio.

    De fato, é melhor dizermos, que retomamos de onde paramos, pois é o que acontece mesmo, rs

    Agradeço pela amizade.

    Beijos carinhosos,

    ÍsisdoJUN

    ResponderExcluir
  5. Olá querido
    Um bom dia de domingo para você.
    Meu beijo.

    ResponderExcluir
  6. Um caso de amor comigo mesma... Realmente preciso...

    Hum... a água...

    ResponderExcluir