sábado, 24 de novembro de 2012

Ainda Queima


A chama ainda queima,
ainda tem cheiro de lenha,
nem sequer amanheceu,
nem sequer é janeiro.

Sobra o café requentado,
meia dúzia de vontades
e uma sensação oca,
dolorida e latejante.

Tem passarinho cantando lá fora
e eu nem pedi música.
Eles anunciam um sol
que eu também não pedi!


5 comentários:

  1. É In...e a vida continua...apesar de tudo. Um lindo dia te receba. Bjs carinhosos.

    ResponderExcluir
  2. Lindo blog, excelentes postagens. AMEI!!!
    E, aproveitando a oportunidade, eu lhe peço: acrescente o meu blog no seu.
    http://intimidadeentrecasais.blogspot.com.br

    Ficarei muito feliz.
    O seu blog já está no meu, confira lá no campo: “Apreciem sem moderação”.
    Beijos e obrigada.

    ResponderExcluir
  3. Amigo!

    Cada dia mais delicado seus poemas, bom fds!

    Bjk@s

    ResponderExcluir
  4. Amigo poeta de belas e sábias palavras...

    beijos borboléticos pra vc!

    ResponderExcluir
  5. Google - la persona non grata26 de novembro de 2012 11:24

    qqqqqqqqkkkkkkkkkk
    maldito amanhecer!!!

    ResponderExcluir