sábado, 5 de fevereiro de 2011

Retrato Falado

Mulher pequena e magra:
Misto de carência e curiosidade.
Meio sofrida, meio atrevida;
Safadinha em pele de ovelha.
Os olhos brilhavam de dar inveja;
o sorriso? Ah, o sorriso cativava sim.
Uma ânsia de ser feliz, de provar,
de fazer, de ousar.
Um carinho de transbordar
e um amor de Saint-Exupéry.

Esta é a mulher que chacoalhou
um velho coração de prateleira.
E se alguém a viu por aí
diga que o poeta ainda lembra
daquela pegada faceira!

5 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhhhh! Se não fosse pelo "pequena e magra", poderia ser eu! Sou o que chamam de mulher-cavala! kkkkkkkkkkkkk
    Mas se eu achar essa mulher que sacudiu o poeta, venho avisar...
    Beijos, meu lindo!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu conheço alguém assim, será??

    Não!

    Sorte para o encontro.

    Bjos =**

    ResponderExcluir
  3. Errada. Única e Exclusiva. Esta pessoa faz parte do passado e não do presente. Mesmo assim obrigado por me desejar sorte,...rsrs

    ResponderExcluir
  4. Bem eu acho que me encaixo nessa descrição ... Pequena e magra. Sou curiosa e altamente carente e atrevida ... E dizem que meu olhar encanta qualquer um que se ousa olhar profundamente ... Hum ... Bjus Apimentados .... =)

    ResponderExcluir